Google Chrome/Chromium DNS cache

Com certeza esta é daquelas funcionalidades que tem tanto de excelente no que diz repeito à performance como de irritante para quem altera com frequência o ficheiro de hosts.

Tanto o Google Chrome como o Chromium têm um mecanismo de cache de nomes e que não é limpa juntamente com A cache.

Para gerir a cache de DNS, existe uma interface acessível pelo URL chrome://net-internals/#dns.

O botão “Clear host cache” faz A magia ;)

Afinal não é só o Google

A data não foi claramente escolhida ao acaso. Em mês de celebração do 10º aniversário a Google lançou o Cromo que tinha na manga: Google Chrome.

Pela World Wide Web não se fala(va) de outra coisa e hoje o tema mudou… um bocadinho vá. Hoje falou-se do aniversário.

Parabéns sapo, também tu estás mais velho. Até o Google sabe!

PS: Não vá o diabo Google tecê-las e o resultado não ser o esperado: SAPO comemora 13 anos com 3,6 milhões de visitantes mensais.